É uma patologia que ocorre geralmente após os 60 anos de idade e afeta a área central
da retina (mácula). A DMRI acarreta baixa visão central (mancha central) e distorção dos objetos, dificultando principalmente a leitura.

Idade avançada, pele clara e olhos azuis ou verdes, exposição excessiva à radiação solar, tabagismo e dieta rica em gorduras são fatores de risco para maior incidência de degeneração macular relacionada à idade.

A doença pode se manifestar através de duas formas: DMRI seca ou não exsudativa
(mais comum) e DMRI exsudativa (menos frequente, porém mais grave e com mais risco para perda visual irreversível). Neste tipo há o desenvolvimento de vasos sanguíneos anormais, vasos estes incompetentes, passíveis de vazamento e consequente dano à função retiniana.
A prevenção para redução de incidência e progressão da DMRI é realizada por meio de vitaminas, antioxidantes e óculos com proteção UVA e UVB. Uma dieta rica em vegetais de folhas verdes e pobre em gorduras também é benéfica.

Como já mencionado, o tabagismo aumenta a incidência da Degeneração Macular, portanto deve ser evitado. Logo, hábitos de vida saudáveis, além do acompanhamento regular com médico oftalmologista são necessários para prevenção, diagnóstico precoce e tratamento da DMRI.

Dr. Daniel da Rocha Lucena CRM 6978/RQE 5825

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *